Não deixe que o ódio das redes sociais contamine seu coração


O Brasil vive um momento de radicalizações. Milhões de pessoas brigam – especialmente na internet – por terem opiniões discordantes.
Até amizades de longa data são desfeitas por conta da guerra ideológica que coloca os brasileiros em lados opostos do ringue.
Esse sentimento negativo faz muito mal ao ser humano. Afeta a saúde mental e a evolução espiritual.
“Quanto menor o coração, mas ódio carrega”, escreveu o francês Victor Hugo.
Precisamos controlar essa fúria nas redes sociais. É fundamental respeitar as convicções alheias, por mais que sejam ofensivas ao nosso pensamento.
Vivemos em uma democracia. Ou seja, somos todos iguais. Temos o direito à liberdade de expressão.
Mas isso não nos autoriza a xingar, humilhar ou agredir. O debate de ideias sempre é mais produtivo do que o simples confronto.
O melhor conselho é: respeite da mesma maneira que deseja ser respeitado.
Todo tipo de diversidade faz bem ao Universo, inclusive em relação à política e aos dogmas religiosos.
Sempre podemos aprender algo com quem é diferente de nós. E também devemos ensinar, quando há oportunidade.
Navegue em paz pelas redes sociais. Evite sentir ou propagar o ódio. Seja um agente da paz.
Retirado do Site: http://www.radiomundial.com.br/banner-home/nao-deixe-que-o-odio-das-redes-sociais-contamine-seu-coracao/

Comentários